Extração de Siso

O que são dentes do siso?

Os dentes do siso ou terceiros molares são os últimos dentes a nascerem. A maior parte de nós tem os quatro dentes do siso. Normalmente desenvolvem-se no final da adolescência ou por volta dos 20 anos. Muitas vezes, os dentes ficam presos ou simplesmente não saem. Isto pode causar apinhamento dental, perda de outro dente ou levar ao aparecimento de cáries e cistos.

Por que remover os dentes do siso?

A remoção é indicada nos quadros de dor, de aparecimento incompleto do dente e na falta de espaço suficiente. O cirurgião bucomaxilofacial irá avaliar a situação de cada dente. A pior coisa a fazer é ignorar o dente do siso! O principal motivo para extrair é a prevenção:

  • Prevenção da doença periodontal
  • Prevenção da cárie dental
  • Prevenção da pericoronarite
  • Prevenção da reabsorção radicular
  • Dentes retidos sob próteses dentárias
  • Prevenção de cistos e tumores odontogênicos
  • Prevenção de dor de origem desconhecida
  • Prevenção de fratura da mandíbula
  • Facilitação do tratamento ortodôntico
  • Otimização da saúde periodontal

Os artigos abaixo contêm mais informações sobre a extração de dente siso, como evitar a dor no pós-operatório e o que comer depois da cirurgia.

Últimos artigos sobre o siso

Processed with VSCOcam with e3 preset

Dicas e recomendações do que comer após a extração de dente do siso

Após a extração dos dentes do siso é necessário seguir uma dieta específica para ajudar a cicatrização e evitar complicações. Comer sorvete é uma das saídas mais utilizadas, sendo até uma compensação para os desconfortos do procedimento. Mas se alimentar somente disso pode se tornar enjoativo, e não oferece a dieta nutritiva que é fundamental […]

Quando é necessário extrair os dentes do siso?

Muitas pessoas chegam na idade em que se desenvolve o dente siso e se perguntam: será que é necessário remover esses dentes? O senso comum muitas vezes diz que não, mas deixar de extrair os sisos pode trazer várias consequências. O problema pode aparecer na erupção (quando eles “nascem”), pois se não houver espaço suficiente […]